Sejamos de novo como crianças

Uma das perguntas mais frequentes quando crescemos é o que você gosta de fazer? É uma questão difícil para nós adultos, mas para as crianças a resposta vem sempre rapidamente: Gosto de brincar; não gosto de nada; gosto de jogar

CONTINUAR LENDO »

Quando um personagem pede um livro

Semana passada eu falei do surgimento do segundo livro e hoje vou falar um pouco dos detalhes. Quando terminei o primeiro livro, um dos personagens que eu criei me chamou tanto a atenção que logo pensei que merecia seu próprio

CONTINUAR LENDO »

Silêncio pós-publicação

Após a publicação do meu primeiro romance, tivemos duas noites de autógrafos muito bacanas. Revi muitos amigos antigos e pude falar um pouco sobre como foi escrever um romance. As duas noites passaram rapidamente, como tudo que é bom. Após

CONTINUAR LENDO »

A coragem de dizer: – Eu escrevo.

Após ter meu livro finalizado, recebi o contrato da editora. Na condição de autor de primeira viagem, você precisa arcar com muitos custos. A empresa não irá correr o risco de apostar em alguém desconhecido, não importa o quão bom

CONTINUAR LENDO »

Luciano Gouvea

Autor de Shekinah e Coração Tuaregue

Siga nas
redes sociais

É só digitar no formulário abaixo e pesquisar no blog

Clique na capa do livro para comprar