Sobre risos e passarinhos

Sorriso passarinho.

Sem aviso,  voa.

Voa longe,

numa boa;

e sempre volta,

de mansinho.

Chega de repente!

Rouba a cena;

paralisa a gente!

Vira e mexe,

reaparece.

Colore o dia, enriquece.

Dose de alegria…

anima o pai, a mãe,

a vó e a tia;

e voa,

anunciando o fim de mais um dia…

Gostou do Conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
E-mail

Luciano Gouvea

Autor de Shekinah e Coração Tuaregue

Siga nas
redes sociais

É só digitar no formulário abaixo e pesquisar no blog

Clique na capa do livro para comprar